Estrutura escolar: 6 formas de melhorar seu estabelecimento

Tempo de Leitura: 4 minutos

A concorrência é grande. Os estudantes estão cada vez mais exigentes. E a atualização da sua escola com o que há de mais procurado no mercado pode dar um novo fôlego para o negócio. Confira agora como aplicar melhorias na sua estrutura escolar, ganhar mais alunos e garantir um lucro maior no final do ano.

Estrutura escolar deve aproveitar 100% de capacidade

A primeira pergunta que os gestores escolares devem fazer a si próprios é: será que estamos aproveitando da melhor forma possível a estrutura escolar física do nosso estabelecimento de ensino?

Afinal, esta questão é fundamental porque impacta diretamente na avaliação dos seus alunos e nos resultados do seu empreendimento. 

Melhorar a estrutura escolar exige mudanças que, às vezes, são simples. Em outras casos, envolve um certo investimento numa proposta diferenciada, mas que pode funcionar como um diferencial importante ao agregar valor para sua instituição. 

Um ambiente escolar dinâmico garante a fidelidade dos seus atuais clientes e também atrai novas matrículas.

Ao valorizar o aluno como centro do seu negócio, quanto mais oportunidades de aprendizado você oferecer, mais qualidade terá o ensino oferecido.

Diante disso, a primeira solução que recomendamos aqui é investir em um centro de ensino de cursos livres no polo educacional que você já tem, usando a estrutura escolar existente. 

Capacitação profissional em alta

Hoje em dia, as pessoas estão cada vez mais buscando aquisição de habilidades e competências que garantam a elas um lugar ao sol no disputado mercado de trabalho. Mesmo quem já está trabalhando precisa se qualificar mais para conquistar promoções e obter melhores salários.

O mundo mudou completamente. E o setor de educação andou a passos menos velozes do que deveria. Agora, em um período em que as mudanças estão aceleradas, é hora de agir e recuperar o tempo perdido.

Nesse sentido, uma estratégia bastante vantajosa para quem quer otimizar sua estrutura escolar é oferecer cursos livres sobre diversas áreas do conhecimento, que desenvolvam habilidades pessoais e profissionais que acompanharão seus alunos ao longo de toda sua trajetória pessoal e profissional. 

São aprendizados em curtos períodos de tempo que podem garantir o sucesso no mundo do trabalho. Os cursos livres também atendem ao interesse das pessoas que desejam empreender. 

Essa é uma possibilidade que te permite oferecer novas experiências de ensino para crianças, adolescentes e adultos, de acordo com as necessidades de cada fase da vida do estudante. Os cursos podem ser de idiomas, na área de tecnologia, gestão, negócios, inovação, marketing, vendas e uma série de outros temas.

Além de fazer melhor uso da estrutura física da sua escola, a oferta de cursos livres representa uma nova fonte de receitas e ainda é um ótimo caminho para fidelizar os estudantes.

Do ponto de vista prático, é possível investir em uma solução educacional de maneira descomplicada, desburocratizada e com baixo investimento.

Basta apostar no modelo de licenciamento de marca, no qual você obtém autorização de uma empresa para oferecer os cursos previamente desenvolvidos por ela.

Fora a facilidade de implantação, o licenciamento ainda é uma ótima maneira de agregar valor à marca do seu estabelecimento de ensino quando se escolhe a licença de uma empresa relevante no mercado. 

Veja agora mais 5 formas de melhorar a estrutura escolar do seu estabelecimento de ensino

Listamos 5 formas de melhorar a estrutura escolar do seu estabelecimento. Confira!

1. Remodelada nos espaços físicos 

Reaproveite as instalações físicas que você já tem da melhor maneira possível. Capacidade ociosa é sinônimo de prejuízo. Se você tem espaços desperdiçados ou mal utilizados, certifique-se sobre como podem ser aproveitados. 

Pense na possibilidade de implementar um novo salão de jogos ou até mesmo um local de descanso e entretenimento. 

Salas de aula que em alguns horários estão sem alunos podem ser transformadas em salas de vídeo e TV. Podem, também, serem usadas para projetos paralelos, ministrados pelos próprios professores.  

2. Artes e cultura de paz

Você pode, também, ampliar o currículo de suas turmas, criando um espaço exclusivo para aulas de artes, lutas, música e teatro.

Algumas escolas estão inovando ao oferecerem os chamados espaços zen. Práticas de meditação e yoga, por exemplo, melhoram a concentração dos alunos, propiciam um convívio diferente por meio de novas posturas, culto ao silêncio, técnicas de respiração e vivência numa cultura de paz.

3.Tecnologia transformadora  

O investimento em tecnologia também é um passo acertado e bem-vindo. Transformações importantes acontecem através dela.

A demanda no mercado por profissionais que dominam as novas tecnologias é gigante. A educação deve acompanhar essas mudanças, suprindo esta demanda. 

A inovação prevê, ainda, a capacitação dos professores em tecnologia. Somente deste modo os estabelecimentos de ensino estarão prontos para executar seu importante papel de fornecer eficiência e qualidade de aprendizagem

Ainda neste aspecto, os games educativos vieram para ficar. O mesmo vale quanto ao uso consciente e responsável das redes sociais e aplicativos de mensagens.

Estas são ferramentas que podem fomentar trabalhos em grupo, melhorar a comunicação entre professores e alunos e beneficiar o compartilhamento de conteúdos educativos.

4. Softwares de gestão

Atualmente, há uma série de softwares de gestão escolar que aperfeiçoam significativamente o acompanhamento do desempenho escolar dos estudantes. Eles atendem, também, ao objetivo de detectar falhas e, portanto, melhorar o aprendizado em geral.

A qualidade do conteúdo da sua escola está diretamente relacionada a um diagnóstico seguro e preciso sobre a performance dos seus clientes, os alunos.

Você pode, inclusive, usar os dados obtidos com a utilização de um software de gestão para diminuir as taxas de evasão escolar e de absenteísmo, vencendo os maiores desafios das escolas.

5. Pesquisas de opinião 

Faça pesquisas para entender as reais necessidades dos seus alunos sobre a estrutura escolar. Vá além disso, ouvindo também professores, pais de alunos e a comunidade onde sua escola está inserida.

Esta contribuição de todos é fundamental para você considerar antes de fazer melhorias e novos investimentos. 

Quem sabe você descobre que os alunos estão querendo, de fato, que o investimento seja numa biblioteca virtual.

As sugestões do seu público-alvo sobre a estrutura escolar podem aumentar a satisfação de todos os envolvidos na comunidade escolar. E, como consequência, aumentar seu faturamento. 

Saiba, então, mais motivos para dar uma injeção de inovação no seu negócio oferecendo cursos livres na sua escola!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS