Por que oferecer cursos livres na sua escola?

Tempo de Leitura: 5 minutos

Geralmente, quando um polo educacional passa a oferecer cursos livres, os gestores observam menores taxas de evasão escolar e enfrentam menos dificuldade na captação de novos alunos. Portanto, essa iniciativa é um importante incentivo, além de possibilitar um novo direcionamento para sua escola crescer e se diferenciar da concorrência. Isso sem falar do aumento da lucratividade por meio da inovação. ​

A aquisição de habilidades que atendam as exigências do mercado profissional já é uma demanda muito comum hoje em dia. E os chamados cursos livres garantem justamente esta qualificação profissional, tão buscada por pessoas de todas as idades.

Você sabia que, no Brasil, aproximadamente 82% dos jovens que têm de 18 a 24 nem chegam a se matricular em uma faculdade? Este é apenas um dos dados do Censo da Educação Superior de 2017, divulgado pelo Ministério da Educação. E dá uma ideia do tamanho da lacuna a ser preenchida. Nesse sentido, as vantagens dos cursos livres para o negócio de quem já tem uma escola são muitas. Afinal, quanto maior a diversificação dos serviços oferecidos, maior o número de alunos interessados.

Veja mais motivos para oferecer cursos livres no seu polo educacional

A taxa de desemprego no Brasil já era alta há algum tempo. E com a crise, o número de desempregados aumentou vertiginosamente. De acordo com o Jornal Valor Econômico, o desemprego cresceu 10,8% entre a primeira e a última semana de maio de 2020, por exemplo. Por isso, especialistas em negócios afirmam que estamos diante de um novo período de recessão. Neste contexto, a busca por qualificação profissional é intensificada. E espera-se ousadia dos gestores educacionais, já que a expectativa dos estudantes também aumenta cada vez mais. 

No entanto, é interessante levar em conta que seu público-alvo deve ir além de quem procura cursos livres para conseguir um novo trabalho. Esta também é uma solução  para quem já está trabalhando e precisa se aperfeiçoar para conseguir promoções e melhores salários. Ou seja, se requalificar.

Ao oferecer cursos livres, você, como gestor escolar, sai na frente. Primeiro, porque já conhece a fundo as especificidades do setor de educação, bem como a legislação que rege a área. Conhecendo bem o mercado onde atua, você sabe que oferecer esta modalidade é uma forma de alcançar seus objetivos de expansão e retenção. Isto é, sua escola vai reforçar os laços de relacionamento com seus atuais alunos e com os que ainda virão.

Há ainda um significativo respaldo que irá motivar você ainda mais a dar este importante passo para o sucesso da sua instituição de ensino. O funcionamento da escola que passa a oferecer cursos livres é previsto em lei, segundo o Decreto Presidencial N° 5.154 de 23 de julho de 2004. Isto constitui a base legal de validade dessas formações, consideradas assim uma modalidade de educação não-formal e de duração variável.

O que levar em conta antes de tomar a decisão

  • Lembre-se que, ao oferecer cursos livres, você irá agregar valor para sua escola. Afinal, além da grade curricular obrigatória, seu estabelecimento pode promover uma série de formações em diferentes áreas.
  • Os cursos livres têm um caráter de especialização. Funcionam como um complemento para quem já tem conhecimentos específicos e busca conhecer novos caminhos de atuação profissional. Ou, ainda, funcionam como primeiro passo para quem visa ampliar conhecimentos para, mais na frente, ingressar em um curso técnico ou fazer uma faculdade.
  • A imagem de uma escola que começa a oferecer cursos livres é alavancada de forma positiva. Ela passa a ser reconhecida por estimular o aprendizado contínuo e oferecer uma maior qualificação profissional para a comunidade onde está inserida. Tudo isso por meio de um investimento acessível.
  • Os cursos livres podem ser feitos em curtos períodos de tempo (com baixo custo para os estudantes) e aproveitando toda a estrutura física que você já tem.
  • Vale a pena realizar uma pesquisa para avaliar quantos e quais seriam seus clientes em potencial. Busque direcionar este estudo às pessoas que estão buscando qualificação rápida, mas de excelência.  Os cursos livres podem ser uma excelente opção para estudantes de diversos perfis. Sejam eles profissionais com mais idade e experiência ou jovens que estão começando sua formação para ingressar no mercado de trabalho.​  
  • Lembre-se que, talvez, seja necessário aumentar o quadro de coordenadores, professores e funcionários administrativos que você já tem. Isso depende do número de cursos livres que serão implantados.

Gestão diferenciada

Como toda nova empresa ou no caso de ampliação de um negócio já existente, a boa gestão é fundamental para o sucesso. Para que tudo prospere como você deseja, é bom ter claro que a área da educação é bastante sensível. Qualquer deslize pode colocar em risco a sua reputação já conquistada.
E as escolas que também passam a oferecer cursos livres exigem uma especial dedicação. Por isso, para facilitar sua administração e garantir uma atuação estratégica, procure um modelo de baixa complexidade, como é o caso do licenciamento.

No planejamento, considere impulsionar sua instituição através de uma parceria com uma marca reconhecida, cujo plano de negócio já foi testado. Afinal, os desafios impostos pelo mercado não são poucos. Para superá-los, você pode contar com o Skill.Ed.

Saiba como o Skill.Ed pode ajudar a realizar seu sonho de expandir sua escola

  • Ensino de qualidade de uma das maiores e mais tradicionais redes de ensino do Brasil.  
  • Materiais didáticos permanentemente atualizados, que proporcionam aos alunos um ensino de vanguarda e comprovadamente eficaz.
  • Oportunidade de oferecer cursos livres que garantam o aprendizado de habilidades importantes para o atual mercado.
  • Portfólio de cursos expandido, em diferentes áreas do conhecimento e para públicos de diferentes idades.
  • Atendimento a um mercado exigente e conectado com as necessidades do mundo moderno.
  • Baixa complexidade de implantação.
O processo para ser um licenciado do Skill.Ed é bem simples. Primeiro, você conversa com um consultor, tira suas dúvidas e faz um cadastro inicial. Depois, apresenta alguns documentos e, então, é feita uma análise do seu perfil. Na sequência, é realizada uma entrevista para aprovação do seu nome como licenciado. Após a aprovação vem a assinatura do contrato. Por fim, é só divulgar na sua comunidade e organizar a inauguração dos cursos livres na sua escola!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS